quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

De eternidade a eternidade....

Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus. Salmo  90:2


Este versículo sempre me chamou a atenção, tanto pela profundidade teológica, quanto pela verdade inerente a divindade de Deus.


Lamentavelmente, notamos nas ministrações oriundas dos púlpitos tupiniquim,  a "famigerada falácia de que Deus é Deus, somente por causa do seu poder criador, dos milagres que realiza e das obras que faz"


Como se ele precisasse a todo momento provar a sua divindade por meio dos seus feitos...."Santa ignorância".

Ora, O texto nos afirma que antes que o poder do Senhor trouxesse a existência todas as coisas, por meio da sua palavra, ele era Deus.. 
Antes, que os céus, mar e terra nascessem da ordem imperativa divina, ele era Deus....
Antes, que os elementos passassem da inexistência a existência completa, sim, ele era Deus !

Portanto, Deus é Deus, não pelo que Ele faz  ...mas pelo que Ele é !

Ele é Deus !  e, o que Ele faz, o faz...pelo  simples fato, de ser Deus!
Nem por isso, ele está preso ao seu poder imanente...
Ele está para além disso...ele é transcendente a tudo isso !

O salmista, inicia o salmo exaltando a Divindade de Deus, dizendo que ele não precisa provar nada...

Como se dissesse: "Antes que tudo existisse, de eternidade a eternidade tu és Deus ! Tu és Deus...não pelo que fazes, mas pelo que és....e és Deus, maravilhoso, cheio de graça e compaixão.
Mas, também sei que não podes negar o poder que lhe é intrínseco, pois essa força criadora está atrelado a sua essência e natureza divina... "

E, conclue veementemente: "Volta-te para nós, SENHOR; até quando? Aplaca-te para com os teus servos. Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória sobre seus filhos. E seja sobre nós a formosura do SENHOR nosso Deus, e confirma sobre nós a "obra das nossas mãos" ; sim, confirma a obra das nossas mãos". 

Em outras palavras: Tu és Deus, e não precisa me provar nada, mas sei...que teu poder lhe é inerente e não pode ser extirpado da sua essência. Portanto, oh Senhor!  confirma sobre nós a " obra das tuas e das nossas mãos", sei que tudo podes e nenhum dos teus pensamentos pode ser impedido....Amém!


Afirmo sem temores... Deus é Deus, não pelo que Ele faz, mas pelo que Ele é...No entanto, o que faz, o faz pelo que Ele é...não há como separar a sua essência da sua natureza divina.. mano, Durma com esse barulho! rss..

Em Cristo, enviado por aquele que era, é, e que há de ser..Pois de eternidade a eternidade, Ele é Deus!

Carlos Herrera

15 Deixe seu comentário!:

CARLOS HERRERA disse...

O nome JEOVÁ tem sua origem no verbo SER e inclui os três tempos desse verbo –
passado, presente e futuro.
O nome, portanto, significa: Ele que era, que é e que há de ser; em outras palavras, o Eterno.

Abraços

Inácio & Lisley disse...

Olá Carlos,
Obrigada pela visita. Deus abençoe!

Inácio & Lisley disse...

Olá Carlos,
Obrigada pela visita. Seu blog é uma benção!
Deus abençoe.

disse...

Dorme com um barulho deste rss
"Há muito lançaste os alicerces da própria terra e os céus são obras das tuas mãos". Eles é que perecerão , mas tu mesmo continuarás de pé, e todos ele se gastarão como a roupa. Tu os substituirá assim como a vestimenta e eles terminarão à sua vez, mas tu és o mesmo, os teus anos não terão fim"(Salmo 102:25-27)O salmo em questão refere-se ao Pai (Salmo 102:1) . Nos versos em questão a Bíblia está falando da eternidade de Deus Pai.O Eterno.!

CARLOS HERRERA disse...

Maravilhoso Rô...
Deus é eterno...não está preso ao tempo e ao espaço..ele transcende a tudo isso!
Pois ele era Deus antes de tudo, Ele é Deus depois de tudo..e continuará com a velha de mania de ser Deus por todo sempre!

Sabedor que os céus proclamam sua glória e o firmamento as obras da suas mãos...

Inacio e lisley, valeu pela visita!

Marcia Gonçalo disse...

A PAZ!!
Blog abençoado! Um 2011 de muitas vitórias!!

BLOG DO PR MATIAS disse...

OTIMO TEXTO... REALMENTE DEUS É DEUS... NÃO PRECISA DE MAIS NADA PARA AUTO AFIRMA-LO...

NO ENTANTO, POR SEU AMOR, ELE AINDA NOS QUER, MESMO NA CONDIÇÃO MISERÁVEL EM QUE NOS ENCONTRAMOS ELE AINDA ASSIM NOS AMA E NOS BUSCA...

GLORIAS A ELE...

Projeto SEMEAR disse...

Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo meu irmão

Obrigado por estar seguindo nosso blog que o Senhor Jesus te retribua por esse seu gesto meu irmão.

Gostamos muito desse seu post,traz uma realidade à nós que servimos a Ele, muitos estão esquecendo disso:

"Adorar à Deus pelo que Ele é e não pelo o que Ele pode fazer ou nos dar."

Que o Deus de Abraão, Isaque & Jacó continue te abençoando ricamente!!!

michele disse...

Olá Carlos!
Obrigado pela visitinha, gostei do seu blog, estou seguindo tb.

Fique com Deus
Michele

Regina Farias disse...

Carlos,

Esse teu texto me lembra de um que li (não me lembro o autor) onde falava que C.S.Lewis simplesmente um dia disse "Deus, tu és Deus". E dali em diante houve uma conversão, mudança radical, arrependimento, enfim. Sem oba oba, sem fogos de artifício, sem fogo nem labareda rss

Amei o texto!

besos

Rê.

Wendel Bernardes disse...

O texto nos faz refletir no tipo de adoração que prestamos a Deus.

Ela têm sido condicional, pontual, e por fim, falha!

Adoramos um Deus com atos poderosos e não um Deus por Sua existência!

Muito boa reflexão!

Agora quanto ao fato do C.S. Lewis que a Rê comenteou devo dizer que toda a labareda e efeito piritécnico que faltou em sua conversão, abundou em sua obra!

rsrsrsrsrsrssrsr

(Brincadeira Rô, amo as coisas do Lewis, qualquer dia me mudo pra Nárnia!srsrrsrssrrrs)

Abraços a todos!

CARLOS HERRERA disse...

Valeu Michele,Marcia e Projeto Semear pela visita e por seguirem o blog, obrigado pessoal !

Realmente Pr Marcelo...hoje, temos tornado nosso relacionamento com o senhor, tipicamente mercatilista...ah..volte sempre!

Gostei da comparação Regina...valeu Wendell

Robson Batista disse...

a paz mano!

Em nossos tempos pós-modernos, as pessoas passaram a ser valorizadas mais pelo que têm em detrimento do que realmente são e este pensamento também é transferido para nosso relacionamento com Deus. Infelizmente as pessoas hoje dão mais valor para o que Deus TEM a nos oferecer, e se esquecem de quem ELE É!!!
Em seu diálogo com mulher Samaritana, Jesus fala a respeito dos verdadeiros adoradores, homens e mulheres que adoram a Deus não pelo que ele nos oferece, mas simplesmente por Ele ser Deus, independente de benefícios materiais, a Graça por si só já basta...

Deus abençoe...

Rita disse...

Paz do Senhor Jesus!!
Maravilhoso e Eterno Deus,Ele é o que é,Aleluia!
sempre bom lembrar que Ele é Deus,que não tem princípio nem fim de dias,amei!
Paz e graça!!

René disse...

Herrera,

Deus é eterno e infinito! Esses dois atributos, isoladamente, já são impossíveis de serem compreendidos pelo homem, que é mortal e totalmente limitado. Até para tentar compreender e definir esses atributos, o homem se utiliza de elementos limitados. Nossas próprias palavras impõem limites.

A exclamação de Lewis parece boba, mas, talvez, seja a melhor definição, para que uma tentativa mais elaborada não venha a suprimir nada do que Ele verdadeiramente é. Acho que é por isto que Deus Se apresentou como o "EU SOU"! E nesse 'Ser' está contido tudo, inclusive o 'fazer'.

Muito bom chamar atenção para isto, Herrera! É realmente necessário fazer isto, atualmente. O conhecimento e reconhecimento disto é que enche o coração do homem de temor (não medo do desconhecido) ao Senhor!

Grande abraço e continue na Paz!