sexta-feira, 11 de maio de 2012

Meninos, até quando?

 Hoje, mais do nunca, os escândalos proporcionado por alguns caciques evangélicos, chegam ao  conhecimento da sociedade de maneira mais ágil, viabilizado pela comunicação de massa que vigora em nossos dias. E, diante de tais fatos lamentáveis, muitos ficam decepcionados, outros;  já nem se espantam com mais nada , enquanto alguns decidem pela auto-alienação.
Esses, que conscientemente se auto-alienam, são aqueles, que diante do absurdo, permanecem impávidos e, literalmente não querem se posicionar, ficando encima do muro como meros expectadores de um espetáculo patético.

E, quando não...
ousam, defender os indefensáveis, com afirmações estupidas, tais como: "dar quem quer, ninguém é obrigado a nada" , ou "Pelo menos eles fazem alguma coisa, pois vejo suas credenciais"...enfim, frases totalmente evasivas, que revelam um descomprometimento com a verdade e um envolvimento com o pragmatismo imoral. (isto é, não importa de onde e quem venha....mesmo imoral, o que importa é se dá certo)

Jesus fez a seguinte afirmação: "É lícito que venha o escândalo, mais ai daquele por quem venha o escândalo", parafraseando, Cristo está nos deixando cientes que não há como impedi-los...os escândalos virão aos borbotões, no entanto, ai daquele por quem o escândalo se manifestar entre nós..
Ele, Jesus, vai além: "Melhor lhe fora colocar uma pedra no pescoço e se lançar ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos".

Alguns dias atrás, ouvi o seguinte absurdo: 
"O bom seria que todos continuassem pequeninos, para que diante dos escândalos, ninguém venha a distanciar de Deus, ou melhor da igreja ". Categoricamente afirmo, se esse projeto fosse do Senhor, ele nos tornaria menininhos, tolinhos e sem a capacidade de fazer distinção de nada. 

Paulo nos atesta em suas cartas, que passaremos pelos diversos estágios da formação espiritual....sendo que cada estágio é importante para o nosso desenvolvimento. No entanto, ele mesmo disse, quando era menino, falava como menino, sentia como menino e discorria como menino, mas quando eu, Paulo, cheguei a ser homem, isto é, quando progredindo, alcancei maturidade espiritual.. minhas escamas caíram,  logo acabei com as coisas de menino.

Entretanto, não é esse "Atestado Paulino" que é evidenciado: "Pois, os meninos desejam permanecer pequeninos.....

Que pena! Realmente muitos " não querem e não desejam romper com a infância", e vejo claramente que eles não entenderam nada, pois estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os principados, nem os lobos vestidos de ovelhas, nem aqueles que são pedras de tropeço, nem os que usam da piedade como fonte de lucro, nos poderá separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus.

Pois, tenho a plena convicção, de que o alvo divino para nós, é que ao passarmos pela infância espiritual....dela saiamos..., afim de que progredindo, alcancemos a estatura do varão perfeito, à medida completa de Cristo. Amém !

Carlos Herrera

6 Deixe seu comentário!:

CARLOS HERRERA disse...

Postei essa curta reflexao, apos ouvir certos comentarios sobre o escandalo valdomiriano....quero reiterar que Jesus disse, dos que geram tais escandalos, devemos nos apartar...1tm 6:5

ao contrario, ao invés de se afastarem, o que vejo são pessoas correndo para os braços daqueles que fazem da piedade fonte de lucros....
o pior é quando vejo pessoas com certo conhecimento biblico defendendo tais...

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Herrera,

Confesso que já nem me surpreendo mais com as notícias escandalosas sobre pastores. Já desconstruí em minha men te ideias de que eles sejam "homens de Deus", "ungidos do Senhor", etc. Porém, sei que pra muita gente que frequenta essas gaiolas equivocadamente chamadas de "igrejas" tais líderes ainda são caras muito estimados. E isto ocorre até com quem não frequenta as mesmas igrejas deles tipo um assembleiano gostar do autoentitulado "apóstolo" Valdomiro ou do Silas Malafaia. Já eu tô fora deste sistema e apenas algumas coisas tenho em comum com os ditos evangélicos como, por exemplo, adotar a Bíblia como meu livro de orientação.

Você citou a parte do N.T. em que Jesus fala dos escândalos e aí gostaria de dar uma contribuição a esta reflexão. O termo skandalon, utilizado pelo escritor do evangelho para expressar comparativamente em grego as mensagens de Jesus, tinha o significado de "pedra de tropeço" (Mt 16.23), o que não encontra um correspondente exato dentro do nosso idioma. Pode-se dizer que seria causar uma "queda", induzir a outra pessoa em erro. Senão vejamos este comentário bíblico:

"A palavra grega originalmente designava o alimento colocado na haste de uma armadilha; veio a significar, depois, qualquer coisa que faz tropeçar e cair numa armadilha." (Comentários da Bíblia de Estudo de Genebra ao verso 1 do capítulo 17 do Evangelho de Lucas)

Aproveitar-se da inocência alheia é uma conduta que foi hiperbolicamente reprovada por Jesus. Se seguirmos o texto bíblico, encontraremos a agressiva figura da mutilação de órgãos cujo sentido choca tanto os valores de hoje quanto os da sociedade judaica da época do Segundo Templo. Ali o Senhor chega a dizer que é melhor a pessoa entrar na Vida sem a mão, o pé ou um dos olhos do que ser jogado inteiramente no "inferno" (Mt 18.8-9).

Mas afinal, o que a mensagem do Evangelho quer dizer com o arrancar um olho ou cortar a mão?

Dentre várias explicações possíveis e não excludentes, tenho pra mim que tanto a ideia da automutilação corporal quanto o "fogo eterno" são igualmente figuras de linguagem, pois Jesus parecia até zombar da existência de um castigo infernal. O que na certa estava sendo demonstrado contextualmente em Mateus seria o mal que alguém pudesse causar a si mesmo plantando "escândalos" afim de causar tropeços ao seu irmão, conduta esta que gera desconexão com a vida e torna vazia a existência de quem age assim. Logo, é mais sensato enendermos isto como uma exortação sobre o mal hábito de alguém colocar "cascas de banana" no caminho dos outros.

E quais seriam os tipos de tropeços que costumamos armar contra as pessoas?

Ao meditar sobre isto, vejo inúmeras possibilidades, sendo que tudo parece começar com maliciosas palavras capazes de envenenar a mente do outro. Palavras que não edificam, mas destroem relacionamentos causando feridas.

Além de palavras, colocamos escândalos nos caminhos de alguém através de condutas fraudulentas. Sem nada dizermos, podemos influenciar a decisão do outro apenas pelo que aparentamos ser. Os gestos, a maneira de vestir ou de olhar não deixam de ser expressões da comunicação humana.

Em regra, o sujeito enganador busca despertar bons sentimentos na outra pessoa. Ele sabe que está tentando manipular alguém que é sincero, de bom coração, capaz de valorizar sua honra, praticar prontamente a caridade, nutrir expectativas, agir com fidelidade na relação afetiva e não consentir com o mal. Então, como nem sempre os honestos são suficientemente prudentes a ponto de perceberem a maldade humana, eles acabam sendo vítimas das mentiras.

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Em tempo!

Concordo que os crentes seguidores de Jesus precisam deixar de ser meninos e alcançarem um grau mais elevado de maturidade.

As gaiolas, digo, as igrejas, ainda sãi ambientes que contribuem para a infantilização das pessoas ao invés de libertá-las para explorarem o universo da espiritualidade de maneira livre. É muito comum pregadores usarem as passagens que falam de Jesus abençoando as criancinhas para sugestionarem o público em favor de suas manipulações diabólicas.

Uma minoria de pastores propoem-se a levar suas ovelhas ao esclarecimento, mas logo se confrontam com a resistência delas a amadurecerem na fé. Então muitos acabam caindo na tentação de pegar atalhos para manterem e aumentarem o número de frequentadores.

Abraços.

CARLOS HERRERA disse...

Valeu Rodrigo,
vc trouxe uma bela colaboração ao texto, enriquecendo-o e corroborando com a mensagem..
valeu maninho

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra
http://commanderviagragenerique.net/ prix viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra sin receta
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ acquistare viagra

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ achat viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ comprare viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra