quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Lennon e o Veredicto Cristão...


No dia 08 de dezembro de 1980, há 30 anos, morria assassinado por um fã, John Lennon.  Ex-integrante dos  Beatles, tornou-se um dos artistas mais populares de todos os tempos.

Um fato, que marcou sua trajetória como artista, foi uma infeliz declaração feita no ano 1966. Durante uma entrevista, Lennon  disse: "O Cristianismo vai desaparecer. Vai diminuir e encolher.... Nós, Beatles, somos mais populares do que Jesus neste momento. Não sei qual vai desaparecer primeiro - o rock and roll ou o Cristianismo. Cristo não era mau, mas os seguidores são obtusos e vulgares. É a distorção deles, que estraga o Cristianismo para mim."

A entrevista causou tanta polêmica, que os "evangélicos" boicotaram suas canções em várias rádios americanas...meses depois, John se desculpou dizendo: "Se tivesse dito que a televisão era mais popular do que Jesus, ninguém teria ligado.... Não sou anti-Deus, anti-Cristo ou anti-religião....Não estou a dizer que sejamos melhores ou maiores, ou a comparar-nos a Jesus Cristo. Disse o que disse e estava errado - ou fui mal-interpretado"

Segundo a leitura que faço dos fatos, a meu ver, ele quis dizer que naquele momento os Beatles eram mais conhecidos entre a juventude...Será que ele estava equivocado? Hoje, sinceramente irmão, quem é mais popular entre os jovens, Beyoncé ou Jesus, Justin Bieber ou Cristo? Portanto, não venha com falsas Pretensas, maninho! 

Ontem, ouvi um irmão dizendo: "Isso que dá,  mexer com Jesus...é caixão na certa". Confesso, que me entristeceu ao ouvir essa declaração..."O cara, pediu desculpa pela declaração errônea e, o maior implicado (Jesus), o perdou... mas nós.. não o perdoamos!

Afirmo, "não sou fã de Lennon". Portanto, estou livre de sentimentos para expressar o que penso, e concordo com ele, quando o mesmo disse:  Acredito em tudo aquilo que Jesus disse - Amor, bondade, caridade - mas não acredito naquilo que os  seguidores (religiosos) dizem.. É a distorção deles, que estraga o Cristianismo para mim....

E, para os que se alegram na morte do caído, concluo dizendo que Deus não tem prazer na morte do ímpio.


Em Cristo,
Carlos Herrera

9 Deixe seu comentário!:

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Amei o seu post. Parabéns. Deus realmente não se alegra em muitas circunstancias que nos cristãos impomos diante de muitos. Precisamos vigiar mais e mostrar Deus para a pessoas atraves do nosso amor uns pelos outros.

Deus deu sua vida por nós e nos pediu que fizessemos os mesmo pelos nossos irmãos. Enão terminássemos de matá-los.

Vou te seguir. Obrigada por estar nos seguindo.
Cremos numa nova geração. Apaixonada e comprometida com Cristo, não reliziosa como os fariseus, mas cheia de amor e obras, apaixonada por Cristo.

Abraço irmão. Pra. Thaís
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

René disse...

Herrera,

Quem pulou foram os religiosos, não os discípulos de Cristo!

Abração e Paz!

CARLOS HERRERA disse...

SEM DÚVIDA RENÊ...
O CAMARADA, NÃO ERA DITO "EVANGÉLICO", MAS SABIA DISCERNIR E SEPARAR JESUS DOS RELIGIOSOS, ASSIM COMO GANDHI NA ÍNDIA!

Cida Kuntze disse...

Oi Carlos, não sou fã do John Lennon, nem de outro cantor, tanto evangélico ou secular, mas gostei demaaaiiiss desse post...rsrsrs.
Faço minhas as palavras da Thaís.
Abraços.

Cida Kuntze disse...

Ei Carlos, voltei...rsrs...estive pensando e gostaria de deixar registrado que eu gosto de muitos irmãos que louvam a Deus com sua voz.

Quando digo que não sou fã, é porque não fico escutando e falando em ninguém especificamente, mas claro que tem muitos cantores que passam a mensagem de Deus com muita unção, muita delicadeza, e muita inspiração do Espírito Santo.
Tenho vários cds que me fazem realmente sentir a presença de Deus quando escuto, enfim, acho que deu pra entender.

Aproveitei e escutei mais uma vez a canção do John Lennon, pois realmente essa é muito bonita.
Abraços.

Regina Farias disse...

Carlos,

Eu sou super fá do Lennon, ele foi um grande músico e é inegável a sua forte influência ( E dos Beatles) que atravessa gerações.

Sabe, eu acho engraçado esse melindre de alguns cristãos...

E pior do que o melindre é a intolerância.

Ora, o cara não ofendeu, não teve intenção, pede perdão de ofensa alguma rss e ainda hoje o apedrejam.

Ô povim complicado...

E mais: sou muito mais a música Imagine do que muito lixo que chamam de louvor por aí.

Gostei muito da postagem.

Abraço,

Rê.

Wendel Bernardes disse...

Oi Herrera,
vim retribuir a gentileza da visita e aproveitei pra seguir seu ótimo blog...
Fiquei feliz em encontrar amigos como Cida, René e Regina por aqui...

Té bem frequentada sua página, viu?!
Rsrsrsrs
Paz!

CARLOS HERRERA disse...

VALEU WENDEL, VOLTE SEMPRE.....

REGINA, ESTOU DE PLENO ACORDO..PREGAMOS PERDÃO MAS SOMOS FILHOS DO DEUS QUE DIZ...MINHA É A VINGANÇA....SOMOS PIEDOSOS ATÉ NÃO TOCAR NO NOSSO CALO RSSSSSSS

disse...

Concordo contigo Herreira, somos piedosos até não pisarem nos nossos pés. Muitos só olha pra vingança e nunca para o perdão. Paz!